sexta-feira, 24 de março de 2006

Fechar os olhos e...ouvir!

Nana Caymmi - Até Pensei
by Chico Buarque


Junto à minha rua havia um bosque
Que um muro alto proibia
Lá todo balão caía
Toda maçã nascia
E o dono do bosque nem via


do lado de lá tanta aventura
E eu a espreitar na noite escura
A dedilhar essa modinha
A felicidade morava tão vizinha
Que, de tolo
Até pensei que fosse minha

Junto a mim morava a minha amada
Com olhos claros como o dia
Lá o meu olhar vivia
De sonho e fantasia
A dona dos olhos nem via

Do lado de lá tanta aventura
E eu a esperar pela ternura
Que enganar nunca me vinha
Eu andava pobre
Tão pobre de carinho
Que, de tolo
Até pensei que fosses minha

Toda a dor da vida
Me ensinou essa modinha
Que, de tolo
Até pensei que fosse minha

2 comentários:

gaivina disse...

Amiga,
Percorri um longo caminho até chegar aqui... Por vários blogs de cabo verde.
Aqui fica uma pequena informação que talvez aches curiosa...
um livro para crianças, publicado em Portugal, em que o heroi é um menino Krioulu: "Pinok e Baleote" (pesquisa Google)
Beijos
n tem ki bai...

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Olá, bem-vindo ao So Pa Fla. Obrigada pela dica e volte sempre.