quarta-feira, 31 de maio de 2006

Ah!, a vaidade...

Roubo o titulo ao Tatarana, porque depois de alguma ponderação resolvi partilhar com as pessoas que visitam este blog (entre os quais alguns familiares e amigos que estão em terras do além mar) uma boa nova.Fui agraciada pela Associação de Escritores Cabo-verdianos com uma Menção Honrosa na categoria de Conto, Prémio Revelação Orlando Pantera.
Obviamente que estou muito feliz, não só porque é a primeira vez que concorro a um prémio do género, mas também porque creio que significa que alguem viu algum potencial nos meus rabiscos.

Ontem foi a cerimónia de entrega dos Prémios Literários da AEC, no salão da Biblioteca Nacional. Infelizmente reinou a formalidade excessiva, a maioria dos oradores não resistiu a longos discursos e, claro que houve os toques de telemóveis da praxe. Os momentos descontraídos da noite ficaram por conta do meu sobrinho de 4 anos, que durante a longa exposição de Ondina Ferreira sobre o poeta Jorge Barbosa perguntou em alto e bom som: "Ainda não acabou?!", e também resolveu seguir-me para o palco qaundo fui receber o prémio, fazendo o público rir com as suas graças.
Fui a última a receber o diploma e agradeci muito brevemente. Claro que dediquei o prémio à minha querida familia e aos amigos que me incentivam. E num momento com o seu quê de Michael Moore-a-receber-o-óscar-por-Fahrenheit 9/11 desatei a falar em criolo e dediquei o prémio às pessoas com quem me cruzo no autocarro 10, às meninas dos subúrbios de Praia, aos estudantes cabo-verdianos na diáspora, aos quadros que regressam cheios de ambição (por vezes demasiada)...Enfim, àqueles que me inspiraram a escrever os contos com participei. Contos esses reunidos sob o enganador título Fora da Gaveta. Enganador porque, ao contrário do que se possa pensar, não os tinha guardado na gaveta ( os que lá estão são outros). Na verdade, comecei a escreve-los quatro dias antes do fim do prazo para entrega dos textos na AEC.
Não tinha discurso escrito daí que, deslumbrada pelos meus "15 minutos" de fama, esqueci-me de parabenizar a vencedora do primeiro prémio, a sãovicentina Eilen Almeida Barbosa que não só ganhou primeiro prémio na categoria Conto como também na categoria Poesia (grandi pikena!). Não posso deixar de ficar orgulhosa de termos sido duas mulheres a ganhar, já que nestas coisas são quase sempre os homens os agraciados. Mas também não estou convencida de que agora sou uma escritora e que estou pronta para publicar. Apenas estou...mais confiante nas minhas potencialidades.
E chega de narcisismo!
Alguns dos premiados estão aqui.

23 comentários:

tidjon disse...

Kamia
Não é vaidade cousa nenhuma.
É alegria,partilhada por familiares,amigos,e teus leitores do blog como eu.
Parabens,e continua a encher a minha mesa de cabeceira,que espero em breve ser com livros editados.
Fico a aguardar.
Xi do coração prop.

Comandante Alien disse...

...unh!!! parabens!! espero que continues (a escrever e receber premios se possivel) , meus sinceros parabens! e devias ja agora publicar um dos teus contos no blog( se ja não o fizeste)...

MANUSCA disse...

NANA QUERIDA, TENHO COMENTADO NO BLOG SOB ANONIMATO (sorry. Sei que não gostas)MAS DESTA VEZ NÃO PÔDE RESISTIR EM IDENTIFICAR-ME.TUDO ISSO PELO FACTO DE ESTAR ORGULHOSA DEMAIS DESTA MINHA MANA! 0LHA NÃO TENHO PALAVRAS!...ESTOU FELIZ POR TI E SEMPRE SOUBE QUE ALGUM DIA ALGUÉM IRIA RECONHECER O TEU TALENTO.E SEI QUE ISSO FOI SÓ O COMEÇO DE UMA BRILHANTE CARREIRA DE ESCRITORA.SÓ VIESTE A CONFIRMAR O TALENTO QUE AS MAGALHÃES SEMPRE TIVERAM PARA A ESCRITA.TEMOS QUE AGRADECER A NOSSA ADORADA E SUPER -MÃE QUE COM A PACIÊNCIA QUE TODAS AS MÃES TÊM NÃO SE CANSAVA DE LER AS SUAS PEQUENITAS AS HISTÓRIAS MARAVILHOSAS QUE HABITAVAM AS ESTANTES DA NOSSA CASA.E AO NOSSO PAI QUE SEMPRE FOI UM AUTO-DIDACTA SEMPRE ÁVIDO DE LEITURAS.SIM,POR CAUSA DELE AOS 5/6 ANOS JÁ SABIA QUEM ERA MARX,O QUE ERA O CAPITALISMO,OS POEMAS DE AGUSTINHO NETO,AUTORES AFRICANOS,ETC,ETC. FORAM VÁRIAS AS VEZES QUE ME PENDUREI NAQUELA ESTANTE PARA TIRAR LIVROS QUE LIA SEM SABER O QUE SIGNIFICAVAM.TUDO ISSO PARA DIZER DE PEQUENINO SE TORCE O PEPINO,E TU FOSTE "BEM TORCIDA".PARABÉNS QUERIDA!SEI QUE NUM FUTURO NÃO MUITO DISTANTE TEREI O PRAZER DE TER A CABECEIRA UM ROMANCE DA AUTORA CHISSANA MAGALHÃES(OU VAIS USAR UM PSEUDÓNIMO?)

Manuel Jorge Marmelo disse...

Renovo os meus parabéns, Kamia. Agora publicamente.

José Luís Tavares disse...

Espero que tenham permitido à minha representante a leitura do texto que enviei, embora estivesse tudo cheio de medo em relação àquilo que eu pudesse dizer.

Anónimo disse...

Uma menção honrosa não é um prémio. É apenas isso, uma menção

Pura eu disse...

Foi uma menção honrosa, mas poderia ser muito bem um prémio. Mas isso é outra história. Meus parabéns Kamia... pena que não pude estar na cerimónia.
Beijos.

Silvino Évora disse...

Kamia, Muitos Parabéns. Nessas coisas de congratulação, não precisamos de escolher as palavras a dedo, mas dizer aquilo que nos solta da Alma: Muitos Parabéns mesmo e que um dia as tuas publicações sejam dadas à estampa.

Permita-me usar este espaço para dar Parabéns ao José Luís Tavares que tão bem tem sabido honrar o nosso Tarrafal e colocar no nosso Chão Bom no mapa da Cultura Cabo-verdiana. Ele, como muitos outros - entre os quais Beto Dias e Pó di Terra - muito tem feito para apresentar aquilo que chamaria de "Tarrafal Positivo".

Silvino Évora

Silvino Évora disse...

SILVINO ERROU: em vez de "as tuas publicações", queria dizer "os teus escritos". Até porque, se fosse publicação, não precisava de ser dada à estampa.
A vida pode ser uma poesia e as poesias também podem ser feitas de contradições.

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Pessoal muito obrigada do fundo do coração.
Eh...mana, menos :)Não pude deixar de ficar emocionada com tudo o que disseste mas como disse o anónimo, foi "só" uma menção. Mas ele não pode saber o significado que esta menção tem para alguem que escreve desde criança e nunca se atreveu a mostrar os seus escritos a ninguem exceptuando a sua familia mais próxima. Para mim é sim um prémio, não interessa o nome que tenha, nem a quantia que (não) receba. Significa que alguem, nem que fosse UMA só pessoa,viu uma réstia de valor naquilo que escrevi a correr durante aqueles quatro dias.E para mim isso já basta para me deixar feliz.

Margarida pensei que te encontraria por lá, foi pena.Muito obrigada, querida.

Alien, nunca publiquei um conto no blog e não penso fazê-lo, pelo menos para já.

Parabéns ao sr. José Luis Tavares que, esse sim, recebeu um PRÉMIO e mereceu.Sim, a sua representante leu o texto, mas pelo menos que eu tenha reparado niguem estava com medo.Bem, não sei...

Mais uma vez, obrigada a todos.

José Luís Tavares disse...

Kamia, é muito reconfortante saber que não amedrontei ninguém, mas nunca se fie demasiado na aparência - a alma humana tem abismos insondáveis. De qualquer forma, não estava a referir-me à cerimónia, mas a questões de bastidores que, presumo,desconhece.

Bino, obrigado. Permitia-me apenas acrescentar os nomes de mais três tarrafalenses: Mário Lúcio, Chandu Graciosa e Txota Soares

Silvino Évora disse...

Pois é, senhor Tavares. Estes também são ilustres da "Cultura tarrafalense".

Rosario Andrade disse...

Bom dai Kamia!
Fiquei satisfeitissima com esta noticia! MUITOS PARABENS!
Espero que este reconhecimento seja um incentivo para escreveres mais e participares em mais eventos destes! gosto da tua escrita e tenho a certeza de que o teu talento vai dar frutos preciosos!
Bjicos

Filinto Elisio disse...

Kamya,

Não te impressiones com as sombras. São tigres de papel. Estás no melhor dos caminhos e as tuas variantes são necessárias. Apostamos no fogo que destila no teu jovem coração. É Poesis...

Às urtigas...o que sobra!

José Aimé disse...

Parabens menina,
acho que já falaram tudo!...
Continua assim e podes crer que estás no bom caminho.
Força e um beijo muito grande.

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Sr.José Luis, de facto nada sei dos bastidores e não sei se quero saber.Ah, mas já li as suas declarações de reacção ao prémio e percebo o que quis dizer.
Rosário e José, obrigada pelas vossas palavras que acredito serem sinceras.

Filinto, não, não estou deslumbrada com essa pequena (para mim grande) vitória. Continuarei o meu caminho sem pensar demasido em prémios e tentarei manter vivo o fogo.:)
Eu sei que aplaudiste a recusa do prémio Camões pelo Luuandino. Desculpa se a minha "subversão" não chega a isso. Ele pode dar-se a esse luxo pois já conquistou o seu lugar (embora me pareça que as suas razões são mais profundas do que isto). Mas para quem como eu está a começar a desbravar caminho, essa "apenas" menção honrosa tem um sabor muito especial.

Beijos a todos.

José Luís Tavares disse...

Kamia, é bom que não queira saber mesmo - ajuda a manter por mais tempo a inocência.

Meu caro filinto, agora falas por enigmas? Um abraço, meu velho

Filinto Elísio disse...

Kamya, minha amiga!

Para ser mais claro, dou-te aberta e publicamente os parabéns pela menção honrosa. Não sou pela recusa dos prémios, note-se. O caso de Luaaadino foi singular e contingencial. Quem conhece uns e outros, entenderá as razões pessoais do grande escritor angolano.

Caríssimo José Luis Tavares, eu sempre escrevi com metáforas, modéstia à parte. E não é de hoje... Dou-te os parabéns pelo prémio que, uma vez mais, "te caiu em cima".

Até prova contrária, respeitarei a decisão dos júris. Quanto às "sombras", elas existem um pouco por todo o lado. Em Portugal, diz-se à boca pequena que aquilo "virou um escândalo".

O Amigo é dos poetas que leio quando dou cavaco à minha cabeceira.

À Bibi, naturalmente...

Filinto

Anónimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»

Eileen disse...

Eh... Olá Kamia e parabéns pela tua menção honrosa... Goatava que fosse possível uma troca de contos... Já que temos tantas, tantas coisas em comum. Gostei do quen já vi no teu blogue... E até estou an Praia até sexta...

Anónimo disse...

Looks nice! Awesome content. Good job guys.
»

Anónimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

Anónimo disse...

I find some information here.