quinta-feira, 18 de maio de 2006

Mau!


Ao que parece, o tão aguardado O Código da Vinci, de Ron Howard é mau. Estreado ontem em Cannes, o filme, adaptado do polémico livro de Dan Brown, estrelado por Tom Hanks, está a ser arrasado pelos jornalistas e críticos que assistiram á primeira exibição. Li que, durante uma das mais importantes cenas do filme, o público reagiu com... gargalhadas.
Estava na dúvida se o filme estava assim tão mau ou se era apenas sabotagem do pessoal mas, a levar em conta comentários de críticos de cinema sérios, como João Lopes do Cinema 2000, O Código da Vinci é um flop. Estas foram as primeiras impressões de João Lopes sobre o filme:
" (...) estamos ao nível do mais rudimentar thriller televisivo, ornamentado de vedetas (pobre Tom Hanks, sem matéria dramática para trabalhar) e instalado numa lógica rudimentar de jogo de vídeo, académico e ultra-prevísivel."
Damn!

10 comentários:

Mário Almeida disse...

Eu näo cheguei sequer a ler o livro. Agora sei que näo vou ver o filme.Penso que sempre que há uma obra literária supervendida deveria ser adaptada por um realizador mais astuto e á margem do mainstream, mas com créditos firmados. Isto porque ele, sim, tenderia a desmistificar toda a obra. Se "Codigo da Vinci", a obra literária, é um fenómeno de massas, näo será pelo seu rigor, senäo pela "paixäo" que conseguiu criar no leitor.

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Eu li o livro e gostei bastante (sem fanatismos). É daquelas coisas, tipo MacDonalds. Sabes que aquilo não é comida nem é nada mas ÁS VEZES sabe tão bem!Claro que há quem nunca coma nada abaixo de caviar e fois gras :)
Se tiver a oportunidade, vou ver o filme. Tenho curiosidade e sempre fico com uma opinião minha sobre o mesmo.

Já agora, eu também torci o nariz quando soube que seria o Ron Howard a realizar o filme. A quem o darias, Mário?

Mário Almeida disse...

Se fosse Produtor em Hollywood? A Steven Soderbergh, ou convidava Terence Malick a ler o livro e a adaptá-lo á sua maneira.

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Consigo imaginar um Código da Vinci á Soderbergh (mas sem Clooney a fazer de Longdon). Agora Terence Malick...isso sim, eu gostaria de ver. Caramba.Seria interessante, seria.

Rosario Andrade disse...

Bom dia Kamia!
Estive a ver uma entrevista com o pessoal do Codigo da Vinci, incluindo o realizador e este declarou que nao foi permitido a ambos ele e o argumentosta afastarem-se nem um pouco do livro, tendo que ser tao fieis quanto possivel ao mesmo... poderá isso explicar a coisa?
Bjico!

Comandante Alien disse...

... Caro Mario Almeida filme não é uma obra prima; mas dizer que ron howard não é um bom realizador , não fica bem...a critica não foi favoravel, mas foi mais por ter uma grande produçao ($$$$$$$)...mas concordo , não é grande coisa , mas sera certamente um sucesso de bilheteira

Comandante Alien disse...

e quando ao Terence Malick não concordo ele é "grande" demais pra realizar "fast moovies" , ele leva tempo a realizar seus filmes( muito tempo) 4 filmes desde 1974 como realizador...e mais alguns como cenarista(7) e são todas obras primas...

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Sr. Comandante,metendo a colher onde não fui chamada (já se sabe, Kamia é faladera :) )não resisto a tomar a vez ao Mário para lhe dizer que ninguem chegou a dizer que Ron Howard não é um bom realizador. Quando muito eu sugeri que ele não era a melhor escolha para dirigir Código da Vinci. Ainda assim, acho Ron Howard um realizador competente mas demasiado bem comportado e certinho (e daí talvez tenha sido por isso mesmo que o escolheram,tendo em conta o que nos disse a Rosario).
Também não se disse que Terence Malick é "grande" de mais para Código da Vinci. Seria sim um "casamento" estranho e eu dava tudo para ver a cara do "filho" resultante desta união.
Ando curiosa para ver New World, que como sempre passou ao lado do grosso do público mas que já me chegou aos ouvidos que é muito bom. Já o viste, comandante? O que achaste?

Comandante Alien disse...

New World é mais um Malick ( o 5°) é demais, quem diz Malick diz grandes planos( paisagens ...) e de resto é a historia de Pochaontas contada pelo Malick( relaçao mulher/homem/natureza; pouca conversa (Collin fARRELL so abre a boca 15 mm depois do começo do filme, e mais uma vez os planos da natureza(tipo cartao postal estao fantasticos, os criticos não apreciaram mt)...e um conselho - ba oial!!!

Comandante Alien disse...

no caso de kizer da um volta http://www.thenewworldmovie.com/