quinta-feira, 9 de novembro de 2006

27

* Aos 27, estou bem de saúde, tenho a minha querida familia, tenho trabalho, faço coisas que gosto, perdi amigos e ganhei outros, acabei um namoro relâmpago mas o coração continua in the mood for love...
* Aos 27, constacto estupefacta que o meu nome (na verdade o meu nick) aparece na mesma lista que Orlando Pantera, Mário Lúcio, Mito, Nácia Gomi, Teté Alhinho...(sem desmérito para os demais). Bem, ainda não percebi bem de que é a lista mas não consigo deixar de me sentir desconfortável. Sem falsas modéstias, quem sou eu para ombrear com gente que já tem provas dadas e tem posto o nome de Cabo Verde riba lá, como diz o outro.
* Aos 27 anos sou uma pessoa mais calma, ponderada e menos ingénua que há um ano atrás (ê auto-elogio nhas gent!).
* Aos 27, e ainda sem canudo (sim!), não me sinto nem um grama inferior aos meus colegas de geração que, felizmente, conseguiram o sucesso na hora certa e estão agora no emprego dos seus sonhos.
* Aos 27 anos, estou consciente de cada um dos meus defeitos e um deles é o Orgulho. Orgulho de que Inveja e Rancor não façam parte da minha lista de defeitos. Tenho pena das pessoas que vivem com estes sentimentos.
* Aos 27, continuo a furar a dieta e a ginástica daí que o 86-60-86 vai ficando sempre para depois :).
*Aos 27, quero muito mais para a minha vida do que apenas casamento-carreira-filhos.
*Aos 27, tenho que aguentar com perguntas... tipo esta: "Não tens vergonha de ainda não teres um filho?". A resposta, claro, foi uma gargalhada :)
*Aos 27, volta e meia dou por mim angustiada com a imensidão de coisas que ainda não sei.
*Aos 27 anos, sou o tipo de mulher que não tem pudor em assumir a idade que tem e sinto-me bem com ela (a fase da negação passou há já uns dois anos. Hum... talvez volte daqui a uns anos.).
* Aos 27 anos, amo uma boa conversa, sitios sossegados, coisas simples, gente simples. Não sinto necessidade de estar em todo lado, saltitando de evento em evento. Tenho a sorte de conviver diariamente com duas ou três pessoas incriveis, com quem aprendo sempre qualquer coisa, que apreciam a minha companhia e sobretudo que em algum momento, mesmo nos dias menos bons, me deixam feliz.
Hoje quando apagar as velas, vou fazer como as crianças e pedir um desejo. Ora...claro que não posso contar o que é : )

13 comentários:

criolinha disse...

Ninguem faz 27!!!!!!!!!!!!!
ihihihi!
Parabéns pa bo!

Manuel Jorge Marmelo disse...

Muitos parabéns, Kamia.

Kukinha disse...

Papia
Fla si mé!
Bai na bentu ou finca pé
Kel ki bu sta fla é kel ki bu é

Ser
Xinti
Da padaz di bô
Racebi padaz di otus

Sunha
Ousa
Sem esforça, sem mutila
Ser simplesmente
Spritu di luz

Parabéns!!!!!!!!!!

Charlidelip disse...

Oi linda :

Parabéns!!!!
Lamento não te ter ligado , mas sabes que eu não tenho o bolso gordo, e o “cacau” é poucochinho sabes..
Mas as palavras são suficientemente hercúleas.
Eu não estou muito inspirado, mas vou tentar expulsar os sentimentos:
Sabes que te adoro.
Que és uma tia sensacional.
Que és uma individualidade cheia de essência.
Que irradias o mundo á tua volta.
Que és um ser único.
Um ser mágico para lá do fantástico.
Uma pessoa incrível.
Eu adoro-te e mais-que amo1
Simplesmente continua a ser como e tenho a certeza de que a felicidade estará sempre á tua volta

Desculpa a minha falta de criatividade ...
Mas tudo isso serviu para te dizer que te adoro.
Longa vida!
Parabéns outra vez nina linda!

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Obrigada meus queridos.

ELCAlmeida disse...

E haverá muitos mais 27 e muitas mais perguntas sem respostas e outras em que a resposta poderia nos colocar na prisão por agressão do fundo das costas.
Por isso, que o 27 se repita por muitos mais anos e que as perguntas continuem a provpcar gargalhadas.
Eugénio Almeida

Silvino Évora disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Silvino Évora disse...

Quando temos uma coisa na mente, dificilmente conseguimos ver o que os olhos nos mostram. A Kamia tinha escrito: "Hoje quando apagar as velas, vou fazer como as crianças e pedir um desejo". Foi preciso três leituras para conseguir superar a frase que pairava na minha mente: "Hoje quando apagar as velas, vou fazer as crianças e pedir um desejo". hehehehehehehe... e eu a pensar: será que, como estão a perguntar pelos filhos, a rapariga está a pensar em mais do que uma criança. Mas acabei por perceber que não era o que eu estava a pensar: mente brilhante ou mente perversa? hhehehehehehe. PARABÉNS e que sejas 27 vezes mais feliz e realizada.
Silvino Évora

Mário Almeida disse...

Parabéns, Kamia!!!

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Eugénio, Silvino e Mário, muito obrigada.
Silvino,muito engraçadinho :)Então eu ia providenciar as crianças lá mesmo? E ai de mim se for dicidir a minha vida pelas expectativas dos outros. Ná, os petizes vão ter que esperar um bom tempo ainda. :)

Beijos a todos.

Matilde disse...

Oh-OH... parabens atrazadu é un bokadu sen sal, ma odja ... é di korason! beju, Mat

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

No problem.N'ta ceta simé. Obrigada.

ELCAlmeida disse...

Pelo vistos e inadvertidamente removi o comentário em vez de salvá-lo. O mesmo referia-se ao desejo que estes 27 se repitam por muitos mais anos e sempre a oferecer-nos tão belos posts como os que aqui, invariavelmente, lemos.
Parabéns
Eugénio Almeida