sexta-feira, 4 de maio de 2007

Coceira nos Dedos



Saio para fim de semana com uma terrivel coceira nos dedos e nas pregas da massa cinzenta: apetece-me escrever. Imensamente.

Tenho mil ideias a fluirem e o bloco de notas aqui em cima da minha mesa enche-se de arebescos e gatafunhos (gatabescos e arefunhos...).

Nada disso seria um drama, não fosse o facto de estar sem computador em casa no momento (alguem terá por aí uma placa-mãe na despensa?). Manuscritos? Pois saibam que eu, que demorei horrores a transferir a escrita a mão para as delícias do teclado, agora não tenho paciência e perco a "fluência ao escrever a mão.

Portanto, será uma longa noite de insónia. O melhor é sair para a borga.

4 comentários:

Patricia disse...

Mana!que bom que voltaste!já estava com saudades.E deixa a "cocera" tomar conta dos teus dedos porque isso é sinal de que nos vais presentear com os teus textos maravilhosos.bjokas

Francisco disse...

Chissana, queria contacta-la. Poderia indicar-me os seus contactos para: cardosofontes@gmail.com

Obrigado

Francisco Fontes

Rosario Andrade disse...

Ola!
Oh, que pena! Mas enfim, borga também sabe bem de vez em quando!

Bjicos

Kamia aka Chissana Magalhães disse...

Ah mana, a coceira era da outra escrita. Aquela que não ponho cá no blog. E afinal estou de volta mas não estou. Tenho tanto que fazer ultimamente que nào me sobram muitos minutos para a net.

Mesmo assim dá para mandar um bjico à Rosário que anda por terras de sua majestade, a rainha.
E dizer ao senhor Francisco que já entro em contacto.

Hugs